Nota de pesar por Laurena Ferreira Borges e repúdio do MST/BA a todas as formas de violência contra a mulher!

Nota de pesar por Laurena Ferreira Borges e repúdio do MST/BA a todas as formas de violência contra a mulher!

Por Setor de Gênero

Para Voz do Movimento

O Movimento dos trabalhadores Rurais Sem Terra-MST através do setor gênero, lamenta profundamente a perda de mais uma vítima do feminicídio, a guerreira Laurena Ferreira Borges, jovem de apenas 28 anos, do povo Pataxó Hãhãhãe.

É com nossos profundos sentimentos que escrevemos esta nota; sentimento de pesar pela sua violenta partida e sentimento de respeito pela sua luta, seu exemplo e sua resistência, ao mesmo tempo queremos expressar nossa indignação repudiando todas as formas de violência contra as mulheres, que lamentavelmente é uma crescente em nosso país e em especial em nosso estado.

A violência de gênero se faz presente em todas as camadas sociais, étnicas, religiosas e econômicas, se constituindo em uma das principais formas de violação dos direitos, privando as mulheres do direito à vida, à saúde e ameaçando a sua integridade física, psicológica e moral. Se manifestando tanto nos espaços públicos como nos privados.

Em uma sociedade machista e misógina como a nossa, nós mulheres somos constantemente vitimadas, através de múltiplas formas de violência, muitas das vezes validadas pelo Estado burguês.


O machismo destrói, o patriarcado faz a guerra, o sangue de Laurena, também é sangue Sem Terra!

Fechar Menu