No Extremo Sul da Bahia, MST realiza ações durante a Semana do Meio Ambiente

No Extremo Sul da Bahia, MST realiza ações durante a Semana do Meio Ambiente

Por Coletivo de Comunicação do MST/BA

Durante a ação da Semana Mundial do Meio Ambiente, o MST no Extremo Sul da Bahia realizou plantios de arvores em diversos Assentamentos e Acampamentos da região. Foram plantadas cerca de 1.482 mudas, entre nativas e frutíferas, e doadas 1. 456 mudas. Os Assentados e Acampados também produziram faixas e cartazes com o lema do dia: “Povo Vivo, Floresta em Pé e Fora Bolsonaro! ”. As atividades da Semana do Meio Ambiente começaram no dia 05, e vão até o dia 25 deste mês, em todo o estado.

Semana Mundial do Meio AmbienteDe acordo com dados do Relatório Anual do Desmatamento do Brasil – 2019, que mostra a perda da vegetação nativa detectada em todos os biomas do país, o Brasil perdeu área equivalente a oito vezes o município de São Paulo, totalizando 1.218.708 hectares. Deste valor, mais de 60% de área desmatada está no bioma Amazonia, que é seguido pelo Cerrado na classificação de biomas que mais sofreram com o avanço do desmatamento.

Neste cenário que no final de 2019, o Movimento dos Trabalhadores Rural Sem Terra -MST, lançou a Campanha Nacional de Plantio de Arvores e Produção de Alimentos Saudáveis. A campanha tem como meta plantar cerca de 100 milhões de novas árvores em todo país, em um prazo de 10 anos. “Dentro do programa emergencial de Reforma Agrária Popular, está a ideia de plantar 100 milhões de árvores”.

O MST na Regional Extremo Sul da Bahia, vem se desafiando na concretização desta meta. “Compreendemos o papel da Reforma Agrária Popular, e a ideia é enfatizar isso, pois 10 anos é muito rápido. Preparar a coleta de sementes, os viveiros e depois o espaço para plantio. Recuperar as nascentes e plantar árvore nativa e frutíferas em todos os locais do Extremo Sul “ressalta Meriely Oliveira, coordenadora regional do Plano Nacional do Plantio de Arvores e produção de alimentos saudáveis.

Dentro desta perspectiva que a Semana do Meio Ambiente foi muito agitadas na região que iniciou no encerramento da semana do bioma, qual aconteceu diversas atividades em defesa do bioma atlântico, “foi uma preparação para semana do Meio Ambiente, a mobilização das famílias nas áreas de assentamento e acampamento na região, foi incrível, ” conclui Oliveira.

Semana Mundial do Meio AmbienteEntre as atividades ocorrida na Regional Extremo Sul, houve a colheita de sementes no Assentamento Pau-Brasil no município de Itamaraju, assentamento esse que guarda contigo espécies de cerca de 600 anos. A árvore em questão possui 7,13 metros de circunferência na altura do peito (a 1,30 metros do solo) e mede aproximadamente 40 metros.

Além do plantio nas áreas de assentamentos e acampamentos em denúncia dos crimes ambientais e defensa do Meio Ambiente, ocorreram doações de mudas na BR 367, no município de Santa Cruz Cabrália, e na BA 290, no município de Teixeira de Freitas e Alcobaça.

Fechar Menu